domingo, 26 de agosto de 2012

Eu avisei!


Talvez eu realmente tenha mudado muito. O coração mais resguardado, a cabeça mais aberta e a língua mais afiada. E aparentemente isso ocorreu bruscamente. Será? Ontem uma amiga (no sentido real da palavra) me disse: “Nada e ninguém te segura!” E não vou deixar mesmo! Com fé em Deus e nos Orixás, honestidade e força de vontade, vou derrubando todos os obstáculos que me atravessarem o caminho. A mocinha vítima morreu no dia em descobriu a mulher poderosa que dormia dentro dela e a deixou respirar. E esta acordou com uma força, uma vontade de viver outrora inimaginável. E como eu disse uma vez: “só os fortes permanecerão nesta fase”.  E só eles continuam comigo! 


Um comentário:

  1. nao importa p/ aonde a bola rola o que importa e que fique guardado na memoria este momento da historia...amei ler um pouco da sua verdade ,poucas pessoas tem coragem de se expor...francamente mesmo achando que tudo o que e demais e sobra aprendi com os seus erros...nem sei de onde voce vem com o seu mundo virtual embora na vida real tudo nao e como um cahorro correndo atras do rabo...se eu pudesse te dizer tudo aquilo que eu nunca te diria voce teria que entender tudo aquilo que nem eu entendo por falta de conhecimento melhor da vida mais amei ver e ler as linhas da sua vida..beijos e que deus te de muitas materias para escrever e que o seu trabalho de jornalista esteja na pista.boa sorte do amigo palhaço:calcinha caida...uma roupa intima de baixo preparada para usar uma de cima,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir