sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ele é a minha liberdade!


E ele tem o poder de fazer meu corpo feliz... Conhece cada parte dele como se o estudasse há muito tempo. Cada ponto que faz parte do caminho ao êxtase é percorrido por ele com tamanha presteza, que nos momentos que estou com ele a minha cabeça parece estar fora do mundo. Não quero perder nenhum momento, nem um detalhe. Atenta a tudo. Aos gestos, expressões, odores... Adoro os odores. Tudo que faz parte daquele momento magnífico e único. Não me canso de dar e receber prazer, de sentir cada parte do corpo dele e ter ainda mais desejo... É mais que prazer, é uma necessidade, um vício, a loucura que nos faz atraídos pelo proibido. Ele me faz sentir sexy, desejada, única...
E quando estou longe, se fecho os olhos, posso sentir o cheiro do corpo dele, lembrar do sabor que ele tem. Meu corpo dolorido me faz sorrir ao lembrar como tudo aconteceu. É bom sentir a liberdade que ele me oferece. Naqueles momentos sinto como se pudesse fazer qualquer coisa. E eu posso. Juntos não temos vergonha de dizer o que sentimos, o que queremos e principalmente de ser quem somos. Sem convenções, regras... nada além da minha vontade e da dele. Independente de qual seja essa vontade. Ele é a minha liberdade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário