sábado, 16 de março de 2019

A experiencia da felicidade: Somente os Grandes Vendedores podem oferecer!

A diferença básica entre serviço e experiência: o segredo do sucesso nas vendas! 

Diariamente atendo pessoas de diversos lugares do mundo: europeus, norte-americanos, asiáticos... Se preparam por meses – e até anos – Para desfrutar de alguns dias na Costa do Descobrimento. 
Dou-lhes indicações de restaurantes (e disso entendo bem), as melhores praias, festas, os refúgios que estão fora dos roteiros tradicionais e me agradam muito... E eles se aventuram e retornam sempre repletos de histórias para contar. 
Demorei anos para entender que estas pessoas não estão aqui somente por causa da praia, ou da moqueca, ou do percurso de 70 km de estrada de chão para chegar a Caraíva, por exemplo. 
O que estas pessoas compram, todos os dias, há mais de 500 anos, são experiências. Elas querem o sorriso do recepcionista bem humorado, com seu inglês arranhado, mas sem perder o carisma. Elas querem as piadas de duplo sentido do vendedor de amendoim na balsa, que mesmo sob o sol de 35° não perde o ritmo. 
Elas querem ouvir da baiana do acarajé o quanto pesa fazer a massa e o segredo de como sorrir, o tempo todo, mesmo com a roupa pesada. Elas querem conhecer a história do empresário que deixou tudo para recomeçar no paraíso. Estas pessoas querem viver, por alguns dias, a experiência de ser feliz! 
Quem nunca se imaginou deixando tudo e recomeçando, como tantos de nós, agora moradores, fizemos?
E estas experiências são vividas através de nós, vendedores que somos. Eis a chave do sucesso e da magia que envolve Porto Seguro e toda Costa do Descobrimento.  Praias, em todo o mundo tem. Casas coloridas são igualmente comuns. Mas a experiência somente pessoas podem proporcionar.

segunda-feira, 4 de março de 2019

Não espere perder para valorizar o que tem!

“Ele me tratava tão bem, como nenhum outro faria” - disse a mulher que tratava o companheiro como um lixo enquanto eram casados. Agora, que o vê feliz com uma pessoa que reconhece seu verdadeiro valor, começou a valorizar.

“Ela era a nossa melhor funcionária” - disse o empresário que não ouvia as necessidades dela quando trabalhava com eles. Agora, que ela está ganhando muito bem e sendo reconhecida em outra empresa, começou a sentir falta da mesma.

“Ela era a mulher da minha vida e eu a perdi” - disse o cara que a chamava de “emocional, dramática, exagerada” e a traía toda semana. Agora que a vê bem e feliz viajando o mundo com o novo namorado descobriu que a ama.

“Ela era a melhor mãe do mundo” - disse a filha que não visitava a mãe e, quando fazia, implicava até com o lugar de colocar os copos, além de culpa-la por tudo que. Só que agora a mãe faleceu.

“Ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me dá valor”, disse o cara que chegou aos 60 anos sozinho, mas passou a juventude inteira tratando mal, esnobando, e brincando com os sentimentos das mulheres que se atraiam e se apaixonavam por ele.

“Não tenho amigos. As pessoas não se importam comigo”, disse a menina que tratava com desdém as pessoas que se aproximavam dela e nunca aparecia quando as amigas a convidavam para algo.

Lamentavelmente, muitas pessoas são assim ... Só valorizam quando não tem mais. Nunca vivem o presente. Estão sempre olhando com inveja a grama do vizinho, enquanto deixam a sua secar, murchar e morrer. E a culpa é sempre dos outros. A culpa é do governo, a culpa é do sistema, a culpa é da sociedade em geral, a culpa é dos homens que não prestam, das mulheres que não valorizam... Nunca é dela.

A lei da causa e efeito é cientificamente comprovada. Somos cercados por um campo energético e recebemos de volta tudo aquilo que emanamos: vibração, energia... Aquilo que fazemos ou dizemos ao outro retorna a nós. Não é teoria, está comprovado.

Você passa a vida inteira emanando para o Universo que não está feliz no casamento, que sua vida é ruim, que as pessoas que estão a sua volta não prestam, que você não precisa de ninguém... Daí, quando perde o casamento, os amigos, o emprego e tudo do que reclamava, começa a achar que o Universo, Deus ou o nome que você queira chamar é ruim, não presta.... O que você esperava?

Já pensou em assumir a responsabilidade e as rédeas da sua vida? Já pensou em prestar mais a atenção nas pessoas que te amam e estão perto de você? Já pensou em valorizar mais a empresa que você trabalha, o colaborador que trabalha com você, e os seus clientes? Já pensou em parar de apontar o erro das pessoas e ver o lado bom delas? Já pensou em ser mais grato pelas coisas que tem ao invés de viver se lamentando pelo que não tem?

Valorize as pessoas que estão ao seu redor, tenha gratidão pelos seus amigos, pais, professores, trabalho, colaboradores, vizinhos... Todos eles estão em sua vida por um motivo. Não espere perder tudo isso pra entender que eram bons e especiais.  Não espere ficar doente pra valorizar a saúde.

Quer saber como mudar sua frequência? Acordo pela manhã e medito. Mesmo quando achei que perdi tudo, aprendi a ver com gratidão o “nada” que tinha. E o universo me respondeu com todo amor, carinho e gratidão que emanei, me dando amor, oportunidades, pessoas do bem... e o que devolvo para Ele? Mais gratidão, mais amor. É simples assim. Se você quer mudar a sua vida, comece sendo grato pelo que já tem.

Não seja uma pessoa amarga. A vida é boa demais, porém é curta. Aproveite enquanto a tem! Valorize o que você tem.

Namastê
Muito obrigada!