domingo, 14 de julho de 2019

O tipo de gente que você NÃO deve ser...



Gente que não responde “bom dia” ou “boa noite”;
Gente que está sempre analisando os outros, “de cima a baixo”, fazendo com que o outro se sinta julgado e constrangido;
Gente que reclama o tempo todo;
Gente que nunca agradece;
Gente que, mesmo sabendo que não vai comprar nada, bagunça as peças da loja e diz que “a vendedora está ali para arrumar mesmo”;
Gente que minimiza o sofrimento do outro;
Gente que grita e dá ordens o tempo todo;
Gente que fofoca;
Gente que critica o tempo todo;
Gente que invade o espaço do outro;
Gente que dá opinião sem o outro pedir;
Gente que vive apontando os defeitos das pessoas;
Gente que acha que todos tem que aturar seu mau humor e falta de respeito;
Gente que maltrata o garçom porque diz que ele “está ganhando para isso”.
Gente que agride o mensageiro do hotel porque acha que ele é inferior;


O mundo já tem muita gente assim. Seja o diferente!
Seja o que apoia.
Seja o que anima.
Seja o que alegra.
Seja o que trata bem.
Seja o que elogia.
Seja o que sorri.
Seja o que respeita.
Seja o que abraça.
Seja o que incentiva.
Seja o que não fala do outro.
Seja o que cuida.
Seja o que entende que Todos Somos Um.
Seja feliz!

Namastê
Muito obrigada!






quinta-feira, 11 de julho de 2019

13 sinais de que seu parceiro quer terminar com você mas não tem coragem

A falta de coragem em dizer que o amor acabou não é mais um defeito exclusivo do sexo masculino.
Sempre se disse que raramente os homens terminam relacionamentos. Que poderia estar ruim como fosse, eles sempre dariam um jeito do parceiro terminar para se sair de vítima e usar isso contra o outro. 
Mas tenho presenciado que muitas mulheres têm usado as mesmas táticas covardes para fugir de um relacionamento que já não satisfaz mais. Então, este texto serve para ambos sexos.
O covarde confunde, humilha, faz drama, irrita. Ele está disposto a qualquer coisa para fazer com que o outro tome a iniciativa de dar um fim ao seu fardo. Principalmente se tem dinheiro e status envolvidos.
Seguem 13 sinais de que seu parceiro quer terminar com você mas não tem coragem:

 1. Ele começou a ter ciúme de coisas que nunca teve antes: seus amigos, familiares, colegas de trabalho, vizinhos...
2. A maioria das brigas parece sem sentido nenhum. Ele está implicando com qualquer coisa e, na maioria das vezes, não sabe nem explicar porque está tão aborrecido com aquilo
 3. Ele está cada vez mais ausente. Chega cada vez mais tarde do trabalho e sai cada vez mais cedo de casa para qualquer compromisso. O número de programas que faz sem você é cada vez maior. 
 4. O sexo é raro e de baixa qualidade. Ele te procura para sexo cada vez menos e, quando faz, age como se fosse uma obrigação que deve terminar rapidamente
 5. A cada dia, ele expressa menos sentimentos. Para ouvir um “Eu te amo" você precisa perguntar e insistir. E, muitas vezes, nem assim.
 6. A culpa de tudo que dar errado para ele é sua. Se não fecha um contrato, se está estressado, se o filho tira nota baixa, se chove... Tudo é sua culpa e motivo para mais uma briga desproporcional e sem sentido.
 7. Ele não tem mais prazer em programas com sua família ou amigos. Prefere não ir e, quando vai, está sempre de cara fechada
 8. Ele vive te provocando e colocando para baixo por vários motivos: seu trabalho, peso, cabelo... 
9. Ele minimiza seus sentimentos. Tudo relacionado a você é drama, exagero, bobagem...
 10. A maioria do tempo, você parece invisível para ele. Você pode estar dançando com a lingerie mais sexy ou prostrado doente na cama, ele nem te nota. 
 11. Ele é infiel e não se importa tanto que você descubra 
 12. Ele subestima sua inteligência
 13. Ele pode se tornar agressivo com ou sem motivo algum aparente.
 A lista é grande. E, se você dentificou em seu parceiro pelo menos 5 características destas, é bom ficar atento.
 Lembre-se: você foi feito para ser feliz e merece isso. Então, não aceite que nada nem ninguém tire isso de você! 
 Valorize-se, ame-se, cuide-se e siga em frente! Seja corajoso à ponto de se dar o amor que merece. Só assim, você não aceitará que ninguém te ofereça nada menos que isso. 
 Namaste 
 Kassia Luana  

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Quando um amigo te convidar para um café, vá. Pode ser o último...

Quando um amigo te convidar pra jantar, vá.
E quando ele disse que tem mais coisas ruins do que boas acontecendo na vida dele, leve a sério.
E quando ele te encontrar na rua, te abraçar forte e disser que quer tomar um café, cancele a hora no salão de beleza e vá!
E quando ele postar status triste, como nunca fez antes, esqueça as frases motivacionais e vá até ele!
Ontem, um amigo se foi. Vítima de uma depressão que ele disfarçava muito bem. Sempre sorrindo, envolvido em projetos de caridade, trabalhando muito, sempre disposto à dar um ombro, um conselho, um abraço...
Eu soube pelas redes sociais. E eu estava há poucos quilômetros de distância.
Vou lembrar pra sempre do último abraço, corrido, o convite negado por mim... E a certeza de que eu poderia ter feito mais.
Então, se quer um conselho de alguém que está destruída, é esse: aceite o convite para o café! Esteja presente PESSOALMENTE. Ligue, cobre, fale!
 Uma palavra sua pode mudar tudo! 

quarta-feira, 3 de julho de 2019

Vendedores: todas as pessoas que entram no estabelecimento são compradores em potencial

Vou trocar a mobília do quarto. Venho me preparando há um tempo para isso. Depois de um longo período pesquisando on line (e percebendo que os valores do frete não compensariam a compra) fui a 4 lojas no centro da cidade - as mais famosas e com fama de melhor preço.

Sempre aviso ao vendedor que, naquele dia, não vou comprar nada, mas estudar. Nas três primeiras lojas, os vendedores me viraram as costas (um deles deu até uma viradinha de olho pra complementar) e retornaram a seus postos na busca por novos compradores. Mas, na quarta, uma moça me acompanhou.

Mesmo eu insistindo que não compraria nada hoje, ela fez questão de saber o que eu desejava, me mostrou opções, ofertas, a melhor forma de escolher os móveis, forma de pagamento, etc.

Vocês já devem imaginar com quem vou remobiliar o quarto, não é? Essa moça já entendeu tudo.

Vendedores: todas as pessoas que entram no estabelecimento são compradores em potencial. A maioria das pessoas entra para conhecer, estudar, namorar um item, ver se há algo do interesse ou que se encaixe em suas finanças... ele pode não comprar hoje, mas, quando decidir comprar, vai voltar e efetuará a compra com você!

Parem de julgar, supor, e focar apenas no resultado final. O sucesso de uma venda está no percurso, no processo, nos detalhes. O cliente nota isso! Dê valor ao dinheiro da pessoa que entra no seu comércio!

Eu, por exemplo, só compro onde valorizam o meu dinheiro!

Empregadores: prestem à atenção em quem está vendendo o seu produto. Eles podem estar destruindo você!

E, à propósito, o nome da vendedora é Carmen e ela trabalha na Móveis Linhares de Porto Seguro.  

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Você não é responsável pelo que dizem de você, mas é responsável pelo modo como lida com isso. 

Estou passando por um processo interessante de expansão da consciência. Passo muito tempo estudando livros, assistindo palestras e filmes sobre o tema. Algumas das inúmeras consequências deste processo específico é o aumento do magnetismo pessoal, melhora da saúde física e mental, alegria genuína e constante, equilibro... Então, sim, as pessoas reparam mais em você. Seja pra bem que para o contrário.

Enquanto muitos dizem coisas do tipo: “como você está mais bonita”, “seus textos estão incríveis”, “Você está produzindo cada vez melhor”, “sua postura mudou para melhor", “sua pele está ótima”, “aprendo muito com você”... outras, implicam com meus horários, roupas, fazem suposições sobre minha vida particular, inventam mentiras, fazem piadas de baixo nível... 

Sinceramente, isso não me afeta. Aprendi que todas as coisas são neutras e somos nós quem damos significado à elas. Mas, como escritora e cocriadora consciente, observo todas as coisas que acontecem à minha volta, me coloco no lugar da pessoa, busco o motivo da situação e aprendo com aquilo. 

Muitas vezes, mesmo sem querer, desagradamos algumas pessoas e devemos corrigir isso. Mas, em outras situações, as pessoas veem em nós tudo o que gostariam de ser, ter ou fazer, mas, por algum motivo não conseguem. Então, quando a pessoa não consegue lidar positivamente com isso, quando tem um padrão vibratório muito baixo, usam dos artifícios mais inacreditáveis para tentar destruir aquilo que não pode ser. 

Eu já vi gente fazer coisas absurdas para destruir a felicidade de outras pessoas: interferir no casamento ou namoro da pessoa, prejudicar no trabalho, fazer fofocas com a família, etc. Com essas pessoas, além de aprender a não ser como elas, aprendi que quanto mais feliz a pessoa é ou parece ser, mais as incomoda. Sim, isso se chama inveja. 

Mas, como lidar com essa situação?

A pessoa que critica minhas roupas e inventou algumas mentiras, foi à loja onde compro minhas peças para saber o preço, mudou o cabelo para parecer com o meu e há anos faz o papel de vítima para obter atenção e outros benefícios, além de ter baixa auto estima. E quando viu que eu não comentava mais sobre minha vida pessoal com ela, passou a tentar me denegrir. O colega que questiona meus horários, há anos está infeliz com o casamento e o trabalho. Não consegue se realizar em nenhuma área mas, nunca me viu reclamar do que faço, ou triste, ou aborrecida. Então, projetou em mim suas mágoas. 

Nenhuma dessas pessoas têm problema comigo. Elas têm problemas com elas mesmas. A inveja é a falta profunda de fé em si mesmo. Então, não se angustie ou se culpe. Continue O seu percurso. 
Sou muito séria e focada no trabalho, dou sempre o meu melhor e trato todos com cortesia e educação então, quando ocorre uma fofoca como a que citei, ela termina sozinha. Quando a coisa fica mais séria, resolvo afastando do meu convívio e ponto final. Quanto às indiretas e piadas, eu só ignoro. 

A melhor maneira de lidar com o invejoso é  vibrar tão alto que nenhum padrão vibratório inferior conseguirá te atingir. Eu sei que ninguém gosta de ser “odiado" mas, note que o invejoso não te odeia, ele se odeia por não poder ser como você. Então, se você briga, sente raiva, medo, vergonha, está vibrando na mesma frequência que eles e, em pouco tempo, sairá do seu caminho e estará como eles. 

Continue dando o seu melhor. Deixe que as pessoas colham o resultado das suas próprias atitudes. Isso não é responsabilidade sua. 

Você não é responsável pelo que dizem se você. Mas é responsável pelo modo como lida com isso. 

Faça a sua escolha!
Namaste 
Muito obrigada! 

domingo, 30 de junho de 2019

Como você se vê daqui há 5 anos?


Fique atento! Seus hábitos, prioridades e ações de hoje estão determinando seu futuro


Passamos da metade de 2019.

Quanto tempo por dia você dedica à assistir a vida de outras pessoas nas redes sociais?
Quantos livros você leu este ano?
Quantas horas por dia você dedica a aprender algo novo?
Quanto do seu salário você investe?
Quem são as 5 pessoas com as quais você se relaciona com mais frequência? O que você aprende com elas?
O que você faz quando tem tempo livre?
Quanto tempo você dedica a fazer algo que gosta realmente?
Quantas vezes você agradece por algo durante o dia?
Quantas horas por dia você passa discutindo ou brigando com alguém?
Quantas horas por dia você dedica a sua espiritualidade?
Quem são as pessoas nas quais você se inspira?
Você cuida da sua saúde mental?
Quantas horas por dia você dedica à TV?
Que tipo de música você ouve?
Como é a sua relação com seus pais?
Você cuida da sua alimentação?
Como é a sua convivência com os colegas de trabalho? E os vizinhos?
Você fala mal das pessoas? E bem? Com que frequência?
Como você se vê daqui há 5 anos?


Suas prioridades e seus hábitos determinam quem você é! Suas ações de hoje determinam como sua vida e saúde estarão daqui há cinco anos ou mais.

Rancor, má alimentação, comparar sua vida com à dos outros, ignorar sua saúde mental, falar mal ou prejudicar outra pessoa, não filtrar o que assiste, não conhecer seus propósitos, ignorar seu lado espiritual, ouvir músicas de baixa vibração, ignorar suas raízes (pais e antepassados), guardar rancor, odiar, ser ingrato, tratar mal seus colegas de trabalho e vizinhos, procrastinar, ter vícios, não conhecer o próprio corpo... Todos estes péssimos hábitos causam doenças físicas, mentais e espirituais.

Somos seres espirituais, energia vibrante, circundados por um campo eletromagnético.

Como você se sente depois de passar 3 horas do dia, sentada (o) em frente à TV, assistindo notícias trágicas, vendo miséria, tristeza, doenças? No mínimo, devastado, triste. Dorme e acorda pensando naquilo. Fala sobre aquilo, compartilha nas redes sociais, e, no outro dia, mais 3 horas, e no dia seguinte, mais um pouco... Tempos depois, algo semelhante acontece com você.

É Ciência: Tudo o que você emana, volta para você. Então, porque ao invés de preencher seu dia com tragédia e ódio, preencher com amor, gratidão, coragem, alegria, compreensão, conhecimento, prosperidade, riqueza?

Ao invés de falar mal do seu vizinho, faça um elogio. Troque as 6 horas de redes sociais pela leitura de um livro ou vá assistir uma palestra on line. Troque os 5 minutos de prazer comendo alimentos gordurosos e ultra processados por uma vida de saúde com alimentos saborosos e saudáveis. Troque o rancor pelo perdão, o ódio pelo amor, a fé pelo conhecimento.

Troque amigos que julgam as pessoas por amigos que te ensinam e acrescentam algo. Troque as horas infindáveis de futilidades em frente à TV por um curso gratuito de idiomas, por exemplo. Crie metas e cumpra. Faça terapia. Descubra seus propósitos.

E, quando tiver dúvida se este é o caminho “certo”, se pergunte: Quanto tempo podia eu sou feliz?
Essa é a chave de tudo!

Namaste
Muito obrigada!









domingo, 16 de junho de 2019

Você aprendeu tudo errado! 


 Aprendemos sobre sexo com pessoas que nunca tocaram seus próprios corpos. Aprendemos sobre relacionamento com pessoas que cultivam relacionamentos fracassados.
Aprendemos sobre amizade com pessoas que nunca cultivaram amigos.
 Aprendemos sobre sucesso com pessoas que se consideram fracassadas.
 Aprendemos sobre fé com pessoas que julgam e punem.
Aprendemos sobre riqueza com pessoas falidas.
 Aprendemos sobre coragem com pessoas que vivem com medo.
 Aprendemos sobre liberdade com pessoas que vivem presas a opinião dos outros. Aprendemos sobre virtude com os mentirosos. Você não consegue ver? Está tudo errado! Quem nos ensinou errado, aprendeu errado. E sofre como você.
 É você quem deve quebrar todas essas falsas crenças, falsos conceitos que lhe foram impostos e criar os seus próprios conceitos sobre tudo.
Seja um questionador, seja o diferente do grupo.
Você já viu um grande grupo se iluminar? Não! Porque a iluminação, a sabedoria só pode ser atingida na individualidade.
Não seja o igual. Não seja mais um infeliz! Descubra quem é você de verdade e curta essa pessoa incrível, que está aí dentro, sob camadas e camadas de conceitos errados de outras pessoas.
Leia, duvide, questione e recrie as “regras". Viva com base nas suas próprias normas.
 Seja a ovelha azul da família!
 Simplesmente seja!
Seja feliz!

Kassia Luana
Namaste