sexta-feira, 6 de abril de 2012

Para quem só da valor quando perde...


Muitas pessoas passam a vida buscando um amor. E grande parte destas pessoas, quando o encontra, não reconhece e o perde. Cansada das histórias de saudosismo dos que perderam e só depois reconheceram que aquela era a pessoa justa. Talvez por falta de preparo, ou egoísmo.
O fato é que, antes de perdê-lo, seguramente houve muitas provas e manifestações de que aquela era a pessoa justa. E a pessoa não reconhece.  Brigas por besteira, incapacidade de abrir espaço na sua vida da forma que o outro precisa, ciúmes... Uma lista que no fundo é composta pelo mesmo motivo: o medo!
Para muitas pessoas é muito mais fácil viver sozinho do que admitir que precise do outro. Do que admitir que não esteja certo em tudo, que é preciso fazer mudanças para passar para outra fase da vida. Admitir que ninguém é perfeito, que todos tem defeitos, que todos cometem falhas. Que às vezes o coração precisa falar mais alto que a razão e que isso não é pecado.  Isso é amor e crescimento. Amar é dar.
Existem oportunidades na vida que só aparecem uma vez. E que, se perdemos, vamos certamente lamentar pelo resto da vida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário